Notícias

Golpes e mais golpes. Bitcoin utilizada para resgate de informações.

Em todos os anos de existência do mundo, algumas pessoas sempre buscam tirar vantagem de outras. Em diversos momentos da nossa vida nos vemos em situações em que alguém tenta tirar alguma vantagem da nossa boa vontade, da ingenuidade, ou simples ignorância em algum assunto. Uma maneira muito comum atualmente é a aplicação dos chamados “golpes”.

Se você nunca fez um anúncio no OLX, você não sabe o que é cilada, ainda que o site seja uma ótima forma para vender itens, pra cada 10 mensagens 8 vem com pegadinha (esses não são dados oficiais). Existe golpe do mercado livre, golpe do uber e até golpe pra quem está procurando trabalho, resumindo a opera, se você não se atentar a essas pessoas de más intenções é possível que em algum momento você caia em algum golpe.

Porém, um dado apresentado recentemente pelo Area 1 demonstra que um dos golpes que tem apresentado grande retorno para os criminosos é o de “phishing with fear”, o nome dado pela empresa.

De onde vem esse termo? Em algum momento na sua vida você já deve ter recebido um e-mail de um endereço desconhecido com uma mensagem em tom ameaçador, nesta mensagem a o intimidador informa que possui acesso a informações pessoas suas e que se um resgate não for pago, essas informações serão divulgadas a publico na internet. É comum que exista um prazo para você fazer a transferência do valor.

Observando a tática é fácil entender o uso do termo “fear” (medo), no esquema de “phishing”.  O caso é que, o estudo publicado pelo Area 1 revela que em muitos desses golpes os criminosos utilizam as Bitcoins como forma de pagamento dos resgates.

A forma de golpe de fato tem sido algo muito produtiva, o Area 1 apresentou que mais US$ 900 mil já foram roubados com a técnica. Só pra termos uma noção de quantas pessoas acabam caindo nesse golpe, à quantia comum pedida de resgate é de US$ 593, o equivalente a 0.074 BTC.

Outra informação importante conseguida pela empresa é que hackers que utilizam dessa forma para atacar as pessoas são especialistas em bular sistemas anti-spam e conseguem descarregar grandes quantidades de e-mails em caixas de entrada de diversos usuários de correio digital.

Como o fator principal que corrobora para o sucesso dessa atividade de má índole é psicológico, as pessoas se deixam levar por essas ameaças, se manter protegido não basta apertar um botão.

O Area 1 recomenda a importância das pessoas conhecerem mais sobre o que a técnica de phishing, variar senhas em sites diferentes e sempre alterar senhas com frequência.

O Bitcoin é um bem de valor, então é comum ser utilizado em aplicações de golpe, mas não é diferente de qualquer outro bem. Como comentado no inicio do texto, existem diversas formas de golpe, e algumas usam do Bitcoin, outras do Dólar americano e outras, qualquer forma viável para a pessoa má intencionada obter lucro. Então, fiquem atentos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s